Conversa com Bial: Taís Araújo encarna 'Michele Brau' no palco do programa

A entrevista vai ao ar na noite desta terça-feira, 17

Taís Araújo | <i>Crédito: Globo/João Miguel Júnior
Taís Araújo | Crédito: Globo/João Miguel Júnior


Prestes a estrear a quarta temporada de ‘Mister Brau’, no dia 24 de abril, Taís Araújo abre espaço para sua personagem em uma apresentação cheia de energia. E é quando ela volta à realidade que conta a importância dessa história tanto para ela, como para o país. “Esta é uma série que tem muito da nossa identidade, a gente coloca muita coisa nossa nessas histórias. E é curioso porque essa demanda social partiu do público, a gente percebia isso na rua. Foi muito interessante porque os nossos autores descobriram essa maneira de comunicar assuntos que são tão relevantes de maneira leve, com humor”, aponta a atriz.

Além de falar sobre a relevância da obra, de racismo e de feminismo, Taís também faz um paralelo entre as histórias de Michele e Brau e as dela com Lázaro Ramos: “A Michele sempre esteve à frente, puxando o Brau. Ele era um cara muito artístico, mas não tinha traquejo para lidar com dinheiro, com o backstage. Então, a Michele tinha um talento de empresária e transformou o marido nesse popstar”. “E na vida real, também funcionou assim?”, pergunta Bial. “Acho que não temos muito isso. Vamos fazer 14 anos juntos, já tínhamos carreiras muito consolidadas quando nos conhecemos. Mas ele era muito mais politizado, veio do Bando de Teatro Olodum. Acho que o teatro foi transformador pra ele, estar com aquelas pessoas tentando encontrar alternativas fez com que o pensamento dele fosse bem lapidado”, explica a atriz.

A noite fica ainda mais potente com chegada da voz forte e da letra contundente de Lellêzinha, cantora e atriz que chama Taís de “dinda” e que estará nesta nova temporada de ‘Mister Brau’.



17/04/2018 - 13:30

Conecte-se

Revista Tititi